As bolsas de estudo

Existem dois tipos de bolsas: as bolsas de estudo do Governo Angolano e as bolsas de estudo do Governo Francês

Bolsas do Governo Angolano

O INAGBE (Instituto Nacional de Angola de Gestão das Bolsas de Estudo) é o organismo público angolano que oferece, em parceria com a Embaixada de França em Luanda, bolsas de estudo no primeiro ano de IUT por dois anos em França. O concurso acontece em Fevereiro e disponibiliza trinta lugares cada ano para estudantes em 12°.

Bolsas do Governo Francês

A Convenção Quai d'Orsay-Entreprises disponibiliza, tal como o programa INAGBE, cerca de 7 lugares cada ano para dois anos de estudo em IUT, em França. As bolsas Quai d’Orsay-Entreprises do Ministério dos Negócios Estrangeiros francês são financiadas até agora por três empresas francesas presentes em Angola (TOTAL, Schlumberger, Prezioso) em parceria com a Embaixada da França. O concurso acontece em Fevereiro em paralelo com as bolsas do INAGBE.

As Bolsas d’Excellence Eiffel são bolsas do Governo Francês destinadas aos melhores estaudantes a nível do Mestrado e Doutoramento em ciência. Para pretender beneficiar da bolsa, o estudante deve entrar em contacto com a universidade ou a escola de sua escolha manifestando o seu desejo de beneficiar da bolsa Eiffel. O concurso inicia no dia 15 de Outubro para encerrar no dia 8 de Janeiro. Mas cuidado, apenas as excelentes candidaturas são seleccionadas.

A bolsa Excellence Major é uma bolsa destinada aos alunos da 12°, que não possuem a nacionalidade francesa (dupla nacionalidade não é aceite), e são matriculados num Liceu Francês. O dossiê do aluno tem que ser excelente e será submetida ao provisor do Liceu Francês.

Existem
também bolsas regionais, tais como a bolsa de estudos Master île-de-France, abertas a estudantes estrangeiros. Tem que buscar informações nos sites das prefeituras regionais para obter mais pormenores.

Subvenções sociais

Existem outros subsídios, para além das bolsas de estudo, que podemos chamar subvenções sociais. Estes o possibilitam obter assistência habitacional. Pode beneficiar destes subsídios nos sites do CROUS e da CAF (Caixa de Alocação Familial). Para solicitar o CROUS, o estudante já deve estar matriculado numa universidade francesa. Para se candidatar à CAF, o estudante já deve ter um alojamento em França. Além disso, o estatuto de estudante permite obter reduções nos restaurantes universitários, cinemas, museus, etc. Lembre-se de perguntar para obter passes de cultura na sua cidade para beneficiar mais benefícios recreativos!
Não se esqueça de retirar a segurança social, o que lhe permitirá pagar o seu tratamento médico.

O organismo Campus France não concede bolsas, é apenas uma ferramenta para pesquisa de bolsas existentes. Assim, pode fazer sua busca de bolsa de estudos aqui através do website CampusBourse.